A alma é um cenário.
Por vezes, ela é como uma manhã brilhante e fresca,
inundada de alegria.
Por vezes ela é como um pôr do sol...
triste e nostálgico.

-Rubem Alves-

Seja bem-vindo. Hoje é
Deixe seu comentário, será muito bem-vindo, os poetas agradecem.

quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

'ÁRIA PARA VIOLINO'




Para nadar no silêncio
ergo as mãos extraviadas;

são estrelas acordadas,
ou meu eco em seu silêncio.

Escorre pelo que sinto
meu perfil escrito e ouvido

e em som e cor divido
entre mim e o que não sinto.


Colombo de Souza
in: Estágio

Um comentário:

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Olá,
Como é verão aqui em Florianópolis SC, muitos turistas na ilha, e eu trabalho diretamente com turismo estou com pouco tempo, então só passo para uma visita rápida e ver as novidades.
Um grande abraço