A alma é um cenário.
Por vezes, ela é como uma manhã brilhante e fresca,
inundada de alegria.
Por vezes ela é como um pôr do sol...
triste e nostálgico.

-Rubem Alves-

Seja bem-vindo. Hoje é
Deixe seu comentário, será muito bem-vindo, os poetas agradecem.

terça-feira, 24 de março de 2009

O Mar



O que me atrai no mar não é o mistério
Da superfície côncava das águas
Mas a infindável rumorosa fala
Que do pélago rola até as praias.

Só o céu está à altura de seu diálogo
E no horizonte ambos se confundem:
Uma mensagem chega em cada vaga,
Do infinito um chamado para os homens.

E, assim, te escuto, ó mar, perdidamente
Procurando captar o ensinamento,
Que se faz e desfaz cada momento

Na unidade de teu espelho ingente,
Por mais que teus segredos nos escondas
Na conversa dinâmica das ondas.


Miguel Reale

4 comentários:

Sonia Schmorantz disse...

Miguel Reale...quantas vezes ouvi este nome nos meus cinco anos de faculdade de direito, ler um poema aqui, de sua autoria, me fez conhecer um lado muito suave desse renomado jurista. Bela escolha.
beijo

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

"Se tudo for feito com Amor e ingenuidade;
Se todos se amarem mutuamente;
Se a felicidade for uma Eternidade;
Se a tristeza for mera passagem;
Se a amizade for sincera e de Verdade;
Se a vida for um Dar acima de receber;
Então descobriremos que foi em cada uma desses
momentos que nosso coração bateu mais forte,
e que agimos pura e simplesmente como seres Humanos!"

(Vera Costa)

Desejo uma linda semana com muito amor.
Abraços.

Maria Madalena Schuck disse...

Querida Sonia, nosso maravilhoso professor Reale, hoje embalando o sono dos anjos no céu, com seus poemas maravilhosos, foi também um mestre em filosofia, o qual me orgulho de ter conhecido.
Grata por apreciar seus poemas.
Lindíssima semana a você.
Beijos

Anônimo disse...

oi, meu nome é Leonardo, eu estava procurando um poema para o trabalho de Português na escola tenho 14 anos e gostei do seu poema e resolvi escolher esse, mas eu senti que estava faltando alguma coisa então eu modifiquei um pouco seu poema espero que goste

O Mar

O que me atrai é o mistério do mar
Ouvir suas ondas a quebrar
Com o por-do-sol iluminanado meu olhar
Da superfície côncava das águas
A infindável rumorosa fala
Que do pélago rola até as praias

Só o céu está à altura de seu diálogo
E no horizonte ambos se confundem:
Uma mensagem chega em cada vaga,
Do infinito um chamado para os homens.

E, assim, te escuto, ó mar, perdidamente
Ao som do vento barulhento
Procurando captar o ensinamento,
Que se faz e desfaz cada momento

Na noite limpa de luar
Clariando a imensidão do mar
Como um espelho do universo
Refletindo a lua e as estrelas
Por mais que teus segredos nos escondas.
Na conversa dinâmica das ondas.