A alma é um cenário.
Por vezes, ela é como uma manhã brilhante e fresca,
inundada de alegria.
Por vezes ela é como um pôr do sol...
triste e nostálgico.

-Rubem Alves-

Seja bem-vindo. Hoje é
Deixe seu comentário, será muito bem-vindo, os poetas agradecem.

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

A Fé em Deus



Quase ao peso do corpo indiferente,
absorta em Quem, perdoando, a dor acalma,
verga-se sobre os joelhos suavemente,
apoiando-se numa e noutra palma.

Dolorosa exaustão, celeste calma,
vê-se difusa no seu todo... A mente,
porém, volvida para Deus somente,
refulge ao sempiterno raio d'alma.

Como que diz: se todo o bem me engana
e se, ao vislumbre de melhor estado,
sinto fugir-me a vida desumana.

Senhor, confiante, ao seu regaço ameno
recorre o meu espírito, ancorado
num grande afeto que não é terreno.


Giuseppe Giusti
Tradução; C. Tavares Bastos.
(1809 - 1850, Itália)

Um comentário:

RH Dicas disse...

Lindo! Sem palavras.