A alma é um cenário.
Por vezes, ela é como uma manhã brilhante e fresca,
inundada de alegria.
Por vezes ela é como um pôr do sol...
triste e nostálgico.

-Rubem Alves-

Seja bem-vindo. Hoje é
Deixe seu comentário, será muito bem-vindo, os poetas agradecem.

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

DA PROPENSÃO À PONTUALIDADE


Não é que eu tenha nascido em outra parte.
Muito menos, que me preocupe o tempo
em sua beleza de abstrata redondez lunática.
É que os minutos me mordem os calcanhares
formigas enfurecidas urgindo-me a fazer
a não me deter em função dos finais.
É muito certo
a pressa é um agulheiro na calma do insone
uma muralha na planície dos sonhos
um bebedouro de ilusões que amiúde falham
Não é que me avassale o medo do atraso
porém me esvai a magia
perdi as fórmulas os hieróglifos as poções
a chave dos segredos que guardava
as coisas que o sábio Fritz confiou a meus ossos
Confesso
Cada vez sou menos eu
E mais o que vivi.
Por isso é que me apuro
para não chegar tarde
ao que realmente fui
quando tudo acabar.


Consuelo Tomás Fitzgerald
(1957, Bocas del Toro, Panamá).


'De la propensión a la puntualidad'

No es que haya nacido en otra parte.
Mucho menos, que me preocupe el tiempo
en su belleza de abstracta redondez lunática.

Es que los minutos me muerden los talones
hormigas enfurecidas urgiéndome a hacer
a no detenerme en función de los finales.

Es muy cierto
la prisa es un agujero en la calma del insomne
una muralla en la planicie de los sueños
un abrevadero de ilusiones que a menudo fallan

No es que me avasalle el miedo a la tardanza
pero la magia se me acaba
he perdido las fórmulas los jeroglíficos las pócimas
la clave de los secretos que guardaba
las cosas que el sabio Fritz confió a mis huesos

Lo confieso
cada vez soy menos yo
y más lo que he vivido.

Por eso es que me apuro
para no llegarle tarde
a la que realmente he sido
cuando todo se acabe.

Consuelo Tomás

Um comentário:

Amor feito Poesia disse...

Há quem se entriteça ao pensar que o dia fica preso entre duas noites. Mas há quem se alegra pensando...que a noite é um repouso entre dois lindos dias.

(Autor Desconhecido)

Suave e belo amanhecer!Beijos...M@ria