A alma é um cenário.
Por vezes, ela é como uma manhã brilhante e fresca,
inundada de alegria.
Por vezes ela é como um pôr do sol...
triste e nostálgico.

-Rubem Alves-

Seja bem-vindo. Hoje é
Deixe seu comentário, será muito bem-vindo, os poetas agradecem.

domingo, 7 de abril de 2013

''Dia-a-dia''


os dias são sempre depois dos dias
e, entre eles, as noites, os sonhos, o acordar!
e a esperança!
e o acreditar que amanhã também vai ser dia!
e a vida…

… que não pare em qualquer beco
sem saída!

a vida,
os dias,
as noites,
os sonhos...

... os dias, cada dia, ao acordar!

Joaquim do Carmo (a publicar)
© (direitos reservados)

Um comentário:

Célia Cavaco disse...

Um,Poema inspirador.
Confesso não conhecer o poeta um obrigado pela postagem.