A alma é um cenário.
Por vezes, ela é como uma manhã brilhante e fresca,
inundada de alegria.
Por vezes ela é como um pôr do sol...
triste e nostálgico.

-Rubem Alves-

Seja bem-vindo. Hoje é
Deixe seu comentário, será muito bem-vindo, os poetas agradecem.

terça-feira, 9 de março de 2010

Revoada



os pássaros quando voam
não deixam sequer rastro ao vento
porque não voam com as asas
apenas com o sentimento.

os pássaros em revoada
não buscam tão simplesmente
o ninho de algum lugar
porque já estão pousados
no próprio ninho do ar.

quando pássaros em pleno voo
não há nem asas nem vento
tudo fica com o tempo
apenas paz e firmamento.

Salgado Maranhão
in Mural de Ventos
(Maranhão 1953)

Um comentário:

Amália Catarina disse...

Lindo...lindo, querida Maria Madalena!!!
Visitar seus blogs é um prazer...
sempre.