A alma é um cenário.
Por vezes, ela é como uma manhã brilhante e fresca,
inundada de alegria.
Por vezes ela é como um pôr do sol...
triste e nostálgico.

-Rubem Alves-

Seja bem-vindo. Hoje é
Deixe seu comentário, será muito bem-vindo, os poetas agradecem.

sexta-feira, 12 de março de 2010

Diz o que quiseres


Quando a imensidade das sombras
se acercar de mim promete que dirás
que fui com as aves matinais
pernoitar à boca das marés em busca
do sulco da lua pelas noites dentro.
Diz as coisas mais banais.
O que quiseres. Diz.
Nunca te faltam as palavras
para enganar as sombras.

Graça Pires
De O silêncio: lugar habitado, 2009

Um comentário:

REGGINA MOON disse...

Madalena,


Passando para ler suas maravilhosas postagens e desejar um Feliz Dia da Poesia, pois a sua alma é poesia pura, que nos proporciona sempre raros e belos momentos de leitura!!

Tenha uma linda semana!!

Beijos,

Reggina Moon