A alma é um cenário.
Por vezes, ela é como uma manhã brilhante e fresca,
inundada de alegria.
Por vezes ela é como um pôr do sol...
triste e nostálgico.

-Rubem Alves-

Seja bem-vindo. Hoje é
Deixe seu comentário, será muito bem-vindo, os poetas agradecem.

terça-feira, 9 de dezembro de 2008

'Bird'



My soul is a scared bird, the highest heaven is nest
Fretting within its body-bars, if finds on earth its nest

When rising from its dusty heap this bird of mine would soar
'Twin find upon the lofty gate the nest it had before

Sidrah would receive my bird, when it has winged its way
And on Empyrean's top, my falcon's foot would stay

Over the ample field of earth is fortune's shadow cast
Where upon wings and pennons borne this bird of mine has passed

No spot in the two worlds it owns, above the sphere its goal
Its body from the quarry is, from "No Place" is its soul

This only in glorious world my bird its splendor shows
Rosy bowers of Paradise its daily food bestows


Khajeh Shamseddin Mohammad Hafiz-s Shirazi
(Chiraz 1325-Id. 1390)

2 comentários:

Sonia Schmorantz disse...

Amo este espaço, os poemas e a música. Parabéns

Flor ♥ disse...

Minha amiga, hoje finalmente consegui postar a sua homenagem a Florbela no Blog... Quero agradecer pelo seu carinho em participar da blogagem, além de pedir desculpas pelo meu atraso, devido aos meus problemas com a conexão... Beijos, e obrigada pelo seu carinho!

Flor ♥