A alma é um cenário.
Por vezes, ela é como uma manhã brilhante e fresca,
inundada de alegria.
Por vezes ela é como um pôr do sol...
triste e nostálgico.

-Rubem Alves-

Seja bem-vindo. Hoje é
Deixe seu comentário, será muito bem-vindo, os poetas agradecem.

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

'Á lágrima'


Oh!Lágrima cristalina,
tão salgada e pequenina,
quanta dor tu não redimes!
Mesmo feita de amargura,
és tão sublime, tão pura.
Que só virtudes exprimes.

Ao coração torturado,
pela saudade magoado.
Pelo destino cruel,
Tú és a pérola linda,
do rosário que não finda,
feita de tortura e fel.

Helena Kolody
[Poema publicado na revista Garoto de 1928]

[Tela de Robert Ball, 'Tears"]

Um comentário:

Malu Silva disse...

Suas postagens são sempre deslumbrantes, minha querida!
Um grande abraço e linda semana!!!